Criptomoedas: o que são e como investir

0
109

Estamos acostumados com o dinheiro em papel, com notas que podemos ver, pegar e até sentir o cheiro. Mas, nos últimos anos, uma moeda nova está em ascensão e promete transformar a nossa relação com o dinheiro: as criptomoedas.

É uma tecnologia desenvolvida por matemáticos, economistas, cientistas da computação e outros profissionais para que as notas de dinheiro sejam convertidas em alguma moeda digital. Elas recebem esse nome pois são criptografadas para proteger seus dados, garantindo maior segurança.

As criptomoedas são usadas para transações comerciais, ou seja, para comprar produtos e serviços, assim como o dólar e o real. A diferença é que elas consistem em uma sequência única de códigos criptografados e só podem ser transacionadas virtualmente, sem tirar da carteira ou do porta-moedas. Elas são originadas e ficam apenas dentro de computadores, celulares, tablets, etc.

Além disso, existem 3 características que diferem as criptomoedas das moedas comuns: 

  • Anonimato – a maioria das transações não requer nenhum tipo de informação pessoal para utilizar o serviço;
  • Descentralização – independem de um banco central ou do Estado para sua regulamentação;
  • Baixo custo por transação – não existe nenhuma autoridade central para interferir impondo taxas às moedas virtuais.

Hoje em dia, existem cerca de 5.000 tipos de criptomoedas disponíveis no mercado e outras sendo criadas todos os dias. A mais conhecida delas, e que você provavelmente já deve ter ouvido falar, é o Bitcoin.

Bitcoin: a primeira criptomoeda

O Bitcoin (BTC) foi a primeira moeda virtual, tendo sua primeira transação em janeiro de 2009. A partir daí, alcançou popularidade e foi amplamente utilizado em transações no mundo todo, se tornando a moeda virtual mais estabelecida no mercado atualmente.

A moeda utiliza uma tecnologia chamada Blockchain, que funciona como uma espécie de livro eletrônico que registra todas as operações realizadas. Isso permite acesso à verificação pública, transparente e rápida no banco de dados e dificulta a ação de hackers.

Vantagens do Bitcoin

Quer saber mais  sobre o Bitcoin? Então confira as 6 principais vantagens dessa moeda virtual: 

1) Você é o dono do seu dinheiro

Quando você deposita o seu dinheiro em um banco, o governo e a instituição podem fazer o que quiserem com ele, seja congelar ou controlar. Isso não acontece com o Bitcoin, já que você é o único dono da sua criptomoeda e tem total controle sobre ela.

2) Segurança

O Bitcoin utiliza a tecnologia Blockchain. Isso significa que para algum hacker conseguir atacar a rede, seria necessário invadir milhões de computadores em todo mundo. Além disso, as transações ocorrem de forma transparente, mas criptografadas, o que garante a segurança dos usuários. Já nos sistemas bancários tradicionais, existem apenas alguns servidores centrais e todas as transações ficam escondidas do público.

3) Moeda livre e de fácil acesso

Qualquer pessoa no mundo pode criar a sua conta de Bitcoin, basta ter acesso à internet e criar uma carteira virtual. Já para abrir uma conta no banco, você precisa preencher uma série de pré-requisitos. 

4) Dinheiro universal

É possível utilizar o Bitcoin para realizar operações no mundo todo. Você pode fazer transferências para fora do país ou pagar uma dívida internacional de maneira rápida e com taxas extremamente baixas. Assim, você não precisa fazer câmbio e não perde dinheiro na troca.

5) Moeda deflacionária

O Bitcoin é uma moeda limitada: ao longo do tempo ele terá uma quantidade máxima de 21 milhões, ou seja, não existe a possibilidade de inflacionar. Já a moeda convencional (dólar, real, euro, etc.) é controlada por um banco central de acordo com as políticas monetárias do momento, o que pode causar hiperinflação em alguns cenários.

6) Reserva de valor 

O Bitcoin é uma moeda em crescente valorização, ao contrário da poupança em bancos, e por isso pode ser uma boa escolha para utilizar como investimento. Ele já trouxe excelentes retornos para os investidores e a tendência é que aumente sua popularidade a longo prazo.

Criptomoedas na Start Pay

A Start Pay é uma fintech que une soluções de pagamento pelo celular e cashback no mesmo aplicativo e ainda permite utilizar criptoativos nas compras. A empresa opera com o conceito de Easy Wallet e permite usar criptomoedas no momento do pagamento de uma conta de forma rápida e segura. É muito fácil: 

  1. Crie sua conta no aplicativo;
  2. Obtenha saldo de cashback realizando compras nas lojas credenciadas, recarregando com cartão de crédito ou via TED;
  3. Converta seu cashback na moeda desejada.

O usuário pode tanto fazer pagamentos quanto transferência entre as carteiras – transformando reais em moedas digitais ou vice-versa. As criptomoedas aceitas pelo app são: Bitcoin, Bestkoin, Bitcoin Cash, Ethereum, Litecoin e XRP (Ripple).

Quer realizar operações e investir no mundo das criptomoedas? Então baixe o app da Start Pay pela App Store ou Google Play

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui